DESENHO ARQUITETÔNICO

November 15, 2021

O desenho arquitetônico é um recurso de representação gráfica amplamente utilizado na construção civil, sendo indispensável para qualquer profissional que deseja atuar nesta área.

Diferente do que muitos pensam, aprender desenho arquitetônico não é difícil, uma vez que utilizamos instrumentos de desenho como régua e esquadro, ou o mais comum, softwares especializados.

Se você ainda tem dúvidas sobre o que é o desenho arquitetônico ou por onde começar a aprender para fazer os seus próprios projetos esta publicação foi feita para você.

Acompanhe!

O QUE É UM DESENHO ARQUITETÔNICO?

desenho-arquitetonico

Em outras palavras, o desenho arquitetônico é um conjunto de esboços, projeções, vistas, cortes e diversos detalhes que possibilitam a leitura e execução de uma obra.

Ele é a principal forma de comunicação entre os profissionais da construção civil, contendo uma linguagem técnica padronizada, que utiliza o desenho e símbolos gráficos como meio para transmitir as informações do projeto.

O desenho arquitetônico deve ser representado seguindo normas técnicas nacionais e internacionais, que determinam desde a escala empregada nos desenhos, tipos e espessuras de linhas, além de usar simbologia técnica.

Todos os elementos gráficos presentes no desenho tem um propósito que deve ser compreendido tanto pelo emissor (desenhista) como pelo receptor (leitor do projeto).

QUAL A IMPORTÂNCIA DO DESENHO ARQUITETÔNICO?

desenho-arquitetonico

desenho-arquitetonico

O desenho arquitetônico tem um papel fundamental na qualidade final de uma construção, facilitando o entendimento de todos os envolvidos na execução do projeto e evitando improvisos dentro do canteiro de obras.

Não apenas isso, com o projeto arquitetônico é possível validar a proposta do projeto, comunicando ideias e conceitos, além de funcionar como um registro documental da obra, que deve ser aprovado na prefeitura antes de iniciar a sua execução.

Dada a sua importância, é fundamental que seja cuidadosamente elaborado, representando corretamente cada elemento construtivo e não menos importante, seguindo as normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

QUAIS AS NORMAS ABNT DO DESENHO ARQUITETÔNICO?

desenho-arquitetonico

O desenho arquitetônico, que podemos entender como uma linguagem da construção, é regido por uma série de normas técnicas, que têm por objetivo padronizar a representação gráfica de um projeto.

Isso se faz necessário para que qualquer projeto, independente do tamanho, possa ser compreendido por qualquer profissional devidamente qualificado.

Desta forma é fundamental conhecer as principais normas técnicas direcionadas ao desenvolvimento de projetos arquitetônicos, vamos conhecê-las.

  • NBR 6492 - Representação de Projetos de Arquitetura;
  • NBR 13532 - Elaboração de projetos de edificações - Arquitetura.

Como o desenho arquitetônico é uma especialização dentro da área do desenho técnico, devemos conhecer as normas que regem a representação técnica:

  • NBR 10647 - Desenho técnico;
  • NBR 10067 - Princípios Gerais de Representação em Desenho Técnico;
  • NBR 10582 - Apresentação da folha para desenho técnico;
  • NBR 8403 - Aplicação de linhas em desenhos - Tipos de linhas;
  • NBR 8196 - Desenho técnico - Emprego de escalas.

Lembrando que hoje contamos com um vasto catálogo de normas técnicas, que são uma importante ferramenta no processo de desenvolvimento de qualquer projeto.

QUAIS SÃO OS ELEMENTOS USADOS DO DESENHO ARQUITETÔNICO?

desenho-arquitetonico

O desenho arquitetônico é uma linguagem gráfica, ou seja, empregamos padrões como: 

  • linhas, 
  • traços, 
  • círculos, 
  • curvas, 
  • preenchimentos,
  • símbolos.

É importante que fique claro a forma como esses padrões devem ser representados, para que a informação seja comunicada de forma clara e assertiva, então vamos conhecer os principais elementos:

LINHAS

As linhas podem ser entendidas como o principal elemento gráfico de qualquer desenho arquitetônico.

Paredes, portas, janelas, vigas e diversos outros elementos são representados por linhas, mas como diferenciar ou mesmo enfatizar determinados objetos presentes no projeto?

A forma mais simples é empregar diferentes espessuras de linhas, que conforme a NBR 8403 temos:

TRAÇO FORTE

Para representações de elementos estruturais em planta, como vigas, pilares, lajes, etc, utilizamos um traço contínuo largo, que corresponde a uma linha de traço forte.

Para efeito de interpretação, você pode considerar o traço forte o equivalente a uma lapiseira 0.7 ou 0.9mm.

TRAÇO MÉDIO

Empregado para a representação da maioria dos elementos da vista, como planta baixa, planos de cortes, paredes em planta e vista, etc. 

Podemos considerar como um traço médio o equivalente a uma lapiseira 0.5mm.

TRAÇO FINO

Usado na representação de elementos como texturas e revestimentos, como paginação de piso, hachuras e também a parte de anotações do desenho, como cotas, linhas de chamada, etc.

Uma dica para traços finos é trabalhar com tons de cinza para as linhas finas, desta forma é possível ter um padrão de linha fina para um tipo de elemento que precisa de destaque e outro em cinza, para elementos de menor destaque.

PERSPECTIVAS

desenho-arquitetonico

Perspectiva é uma técnica de desenho que emprega a geometria descritiva, que nada mais é do que representar objetos tridimensionais em um plano bidimensional (o papel) respeitando suas verdadeiras grandezas.

Existem uma série de técnicas para representar um desenho arquitetônico em perspectiva, alguns mais parecidos com a visão humana, como a perspectiva cônica, ou mais técnicas como a perspectiva axonométrica.

VISTAS

A representação de um desenho em vistas é realizada através da projeção ortogonal, que é uma forma de representar graficamente objetos tridimensionais em uma superfície plana, transmitindo suas características com precisão.

Imagine um objeto tridimensional dentro de um cubo e, projetando todas as vistas possíveis, teremos ao todo seis vistas. Agora vamos abrir este mesmo cubo e conferir o resultado.

desenho-arquitetonico

Desta forma é possível representar todas as vistas de uma edificação, permitindo uma melhor compreensão da proposta do projeto arquitetônico.

ESCALAS

Escala é uma relação de proporção entre as dimensões reais do objeto e as dimensões do desenho deste mesmo objeto, preservando suas proporções.

Basicamente podemos representar um objeto em três escalas, sendo: escala de ampliação, escala de redução e a escala real.

Para fazer o desenho arquitetônico de uma edificação, mesmo que uma casa pequena, não vamos conseguir utilizar suas medidas do mundo real, então precisamos usar a escala de redução.

Já para representar detalhes muito pequenos de uma edificação pode ser necessário o uso da escala real ou mesmo a escala de ampliação

COMO FAZER UM DESENHO ARQUITETÔNICO?

desenho-arquitetonico

O desenho arquitetônico condensa uma série de informações, ideias e soluções de uma edificação, que devem ser comunicadas a todos os envolvidos naquele projeto, desde clientes até a equipe de obra.

A elaboração de um desenho de arquitetura é o resultado de uma série de estudos e um planejamento prévio, portanto é necessário que todas as informações necessárias já estejam à disposição antes de iniciar o projeto.

Ter um programa de necessidades bem definido, informações sobre o terreno e dados climáticos, é fundamental antes de iniciar qualquer projeto.

Com essas informações em mãos já é possível iniciar o seu desenho arquitetônico, que pode ser instrumentado (a mão) ou através de um software.

QUAIS OS MELHORES SOFTWARES PARA DESENHO ARQUITETÔNICO?

Atualmente projetos arquitetônicos são desenvolvidos com o auxílio de softwares especializados, que além de otimizar todo o processo, oferecem uma série de outros recursos.

Mas como escolher um bom software para desenho arquitetônico? 

Essa é uma dúvida muito comum, então vou comentar um pouco sobre os principais softwares que encontramos hoje no mercado. Vamos conhecê-los!

AUTOCAD

desenho-arquitetonico

O AutoCAD é o software mais tradicional no setor da construção civil para a elaboração de projetos arquitetônicos, conseguindo atender todas as necessidades para a elaboração, documentação e impressão de qualquer projeto.

O AutoCAD pode ser entendido como uma prancheta eletrônica, onde você pode representar qualquer forma geométrica, assim como fazemos no papel, porém de uma forma muito mais rápida e eficiente.

SKETCHUP

desenho-arquitetonico

O Sketchup é extremamente popular para a elaboração de projetos 3D, mas hoje conta com a ferramenta LayOut, permitindo criar desenhos arquitetônicos de forma simples e prática.

O Sketchup é um software muito intuitivo, que mesmo com ferramentas muito simples permite a elaboração de projetos completos.

REVIT

desenho-arquitetonico

O Revit é um software que trabalha com o processo BIM, onde o projeto é entendido como um banco de dados da construção, facilitando tanto a elaboração do desenho arquitetônico como também os quantitativos de materiais.

Dentro do Revit conseguimos elaborar, além do desenho arquitetônico, outras disciplinas como elétrica, hidráulica, iluminação, entre outros.

Um fato que pode ser o diferencial em um projeto arquitetônico feito no Revit é o uso de blocos de qualidade, então garanta já as melhores famílias de blocos Revit para encantar com o seu projeto!

QUAL A DIFERENÇA ENTRE DESENHO TÉCNICO E DESENHO ARQUITETÔNICO?

desenho-arquitetonico


O desenho técnico é uma forma de expressão gráfica utilizada para representar formas, respeitando suas características e dimensões.

Sendo assim, tem a importante função de auxiliar na transmissão de uma ideia de forma gráfica, permitindo a sua fabricação ou execução.

Devido ao seu processo simples e preciso, o mesmo é empregado em diversos setores, como por exemplo a arquitetura.

Já o desenho arquitetônico é um ramo especializado do desenho técnico, que conta com a mesma base técnica, porém emprega normas técnicas direcionadas à construção civil.

O desenho arquitetônico tem por objetivo padronizar a informação de um projeto de forma clara para todos os envolvidos no processo construtivo de uma edificação.

CONCLUSÃO

O desenho arquitetônico é um pré-requisito para qualquer profissional que deseja atuar na área de construção civil, que diferente do que muitos pensam, é de simples compreensão e fácil aprendizado.

Muito além de um simples desenho, mas uma ferramenta de comunicação dentro de qualquer obra, o desenho arquitetônico registra e compartilha a ideia proposta para um edificação.

Outro item indispensável para o seu projeto é ter à mão uma boa coleção de modelos para usar em seus projetos, então saia na frente usando a biblioteca de famílias da Blocks Revit, que dispõe de um imenso catálogo com atualizações semanais!

Faça parte da Família Blocks Revit!

SOBRE O AUTOR

Luis André
Mestre em arquitetura, designer de produto e professor, compartilhando conteúdo profissional dos principais softwares de arquitetura a mais de 10 anos.
Voltar