O QUE É BIM: SIGNIFICADO, VANTAGENS E APLICAÇÕES

September 22, 2021

O BIM (Buinding Information Modeling) ou Modelagem da Informação da Construção em sua tradução mais popular, já está presente no dia a dia de muitos profissionais da construção civil.

Mas será que você realmente sabe do que se trata?

Muito mais do que um software, o BIM estabelece uma nova forma de organizar e compartilhar as informações que são geradas no decorrer do desenvolvimento de uma obra, indo desde a concepção até a etapa de operação da edificação.

Se você não sabe direito do que se trata ou nem faz ideia do que é o BIM, fique tranquilo, pois esta publicação foi feita justamente para tirar todas as suas dúvidas! Acompanhe!

O QUE É BIM E POR QUE ELE É FUNDAMENTAL NOS PROJETOS DE ARQUITETURA ATUALMENTE?

Ciclo de vida BIM

O BIM é uma resposta para a constante evolução tecnológica presente no setor da construção civil, que impacta diretamente no processo de desenvolvimento de projetos.

Existem diversas definições sobre o que é o BIM, mas de uma forma resumida podemos entender como:

“Um processo de trabalho colaborativo, através de uma simulação digital compartilhada, integrando informação e equipes envolvidas durante todo o ciclo de vida da edificação.”

A princípio pode soar como algo complexo, mas o objetivo do BIM é justamente facilitar a vida de todos os envolvidos com o projeto, tornando toda a informação gerada acessível e organizada.

Todas as fases de um projeto podem ser desenvolvidas dentro do processo BIM, com a vantagem de que o processo pode ser colaborativo, ou seja, vários profissionais trabalhando em um mesmo projeto simultaneamente.

Processo BIM

O BIM oferece um fluxo de trabalho que permeia todo o ciclo de vida do projeto, onde podemos analisar alguns dos seus principais pontos:

  • Estudo de viabilidade - através de estudos de massa, é possível analisar a ocupação, área e volumes ainda na etapa de concepção;
  • Projeto - através de uma simulação 3D e bibliotecas de componentes parametrizados, o projeto é desenvolvido de forma inteligente, com rápido processo de documentação de todas as informações do projeto;
  • Planejamento - permite elaborar um planejamento de execução de cada etapa da obra de forma visual, proporcionando um melhor entendimento do processo;
  • Orçamento da obra - é possível definir os valores de todos os elementos construtivos, permitindo obter uma estimativa de custos muito precisa;
  • Execução - através do modelo 3D e dos dados fornecidos por ele, a construção é realizada de forma segura e ainda possibilita de industrializar parte do processo;
  • Manutenção e operação - além de informações de custo, os componentes podem ter dados como nota fiscal, tempo de garantia e contato do fornecedor, permitindo identificar e acionar a empresa para efetuar a devida manutenção.

O fluxo de trabalho BIM passa por todas as etapas do desenvolvimento de um projeto, mas ainda temos outras vantagens que podem ser obtidas ao se utilizar o processo BIM, como vamos ver a seguir.

VANTAGENS DE SOFTWARES BIM

Vantagens dos softwares BIM

O processo BIM não se limita apenas ao fluxo de trabalho para o desenvolvimento de um projeto, nele também é possível fazer análises, simulações ou mesmo detecções de interferências, minimizando a possibilidade de que eventuais erros aconteçam durante a execução da obra.

Vamos conhecer algumas possibilidades e benefícios que podem ser obtidos com o uso do BIM:

  • Visualização 3D - o modelo tridimensional oferece uma visualização exata do que está sendo projetado, independente da complexidade do projeto;
  • Simulações virtuais - análises estruturais, energéticas, além de estudos térmicos, luminotécnicos e sombreamento são algumas das várias simulações possíveis;
  • Quantitativos - os quantitativos de materiais são extraídos e atualizados automaticamente através de planilhas;
  • Detecção de interferências - localização de interferências físicas que podem ser classificadas como leves, moderadas ou críticas;
  • Documentação - plantas, cortes, vistas, detalhamentos e tabelas são gerados de forma muito simples e em caso de revisões, atualizados automaticamente;
  • Trabalho colaborativo - possibilidade do trabalho multidisciplinar envolvendo diferentes profissionais em um mesmo projeto;
  • Projetos complementares - disciplinas de hidráulica, elétrica, estrutural, acústica e diversas outras podem ser desenvolvidas em paralelo, com base no mesmo modelo compartilhado, otimizando o tempo de trabalho.

Tendo em vista todos esses benefícios, precisamos passar para uma etapa muito importante, que é a escolha dos softwares BIM que serão utilizados.

BIM SOFTWARES: COMO FUNCIONAM E QUAIS OS SISTEMAS PARA ARQUITETURA?

O BIM acaba sendo muito associado a softwares ou modelos em 3D, quando na verdade o BIM é um processo de trabalho, que envolve pessoas, softwares e informação.

Então, não podemos dizer que o BIM se resume a um software, porém é uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento de projetos dentro do processo BIM.

Para atender todo o fluxo de trabalho do processo BIM você não vai encontrar um software que resolva absolutamente tudo, mas sim diversos softwares onde cada um se responsabiliza por uma determinada etapa do processo.

Entre os softwares mais utilizados no mercado temos dois que podemos destacar, o ArchiCAD e o Revit

Vamos conhecer um pouco mais sobre cada um deles a seguir.

ARCHICAD

ArchiCAD

O ArchiCAD é um software BIM criado pela empresa Graphisoft

Com ele você pode desenvolver projetos arquitetônicos e, a partir da versão 24, projetos de instalações (mecânica, elétrica e hidráulica), oferecendo visualização 2D e 3D.

No mercado há 35 anos, é amplamente usado na Europa e Japão, mas conta com uma versão traduzida em português com um template voltado para o mercado brasileiro.

Oferece um ambiente de modelagem 3D para modelagem paramétrica, com recursos para:

  • Documentação, 
  • Trabalho colaborativo, 
  • Extração de quantitativos, 
  • Renderização 

Além de uma ampla biblioteca de modelos prontos para uso.

Devido a variedade de ferramentas e recursos, o ArchiCAD se mostra como uma excelente opção para o desenvolvimento de projetos dentro do processo BIM.

REVIT

Revit

O Revit é um software BIM criado pela Revit Technology Corporation (antiga Charles River Software) e foi adquirido pela Autodesk no ano de 2002.

Está no mercado há 20 anos, sendo amplamente utilizado no mundo e é bem popular aqui no Brasil, permitindo o desenvolvimento de projetos arquitetônicos, estruturais e complementares (mecânica, elétrica e hidráulica).

Todo o processo de modelagem é realizado em um ambiente 3D, com recursos paramétricos para modelagem, documentação, quantitativos, extração de quantitativos, entre outras possibilidades.

A biblioteca de modelos presente no Revit não é totalmente alinhada com o mercado nacional, mas você consegue encontrar diversos sites com modelos para o seu projeto.

Se quiser usar modelos de alta qualidade no seu projeto, assine o Clube Blocks e garanta já as melhores coleções de blocos Revit para otimizar ainda mais o seu portfólio!

OUTROS SOFTWARES BIM

Outros softwares BIM

Quando desenvolvemos um projeto com o processo BIM, temos diferentes profissionais envolvidos, que vão desde arquitetos e engenheiros, até especialistas em projetos complementares (elétrica, hidráulica, ar-condicionado, etc), gestores, etc.

Consequentemente, temos diferentes softwares para executar diferentes tarefas, onde temos alguns softwares mais robustos, que conseguem atender boa parte do fluxo de trabalho em BIM e outros especializados em tarefas específicas.

Apenas para dar um panorama, vou apresentar uma relação de atividades e seus respectivos softwares:

Controle de custo: usados para controlar os custos, programação e gerenciamento de projetos de forma integrada, podendo focar o fluxo de trabalho entre projeto, tempo ou custo.

Planejamento e gerenciamento: softwares voltados para planejar e acompanhar a execução da obra, oferecendo um controle refinado de todas as etapas do projeto.

Representação e Cálculo para sistemas Mecânicos, elétricos ou hidráulicos (MEP): softwares voltados para instalações prediais e seu dimensionamento.

Eficiência energética - softwares de análise de consumo de energia, permitindo soluções mais eficientes e redução de consumo.

Gestão de trabalho colaborativo - permitem conectar múltiplas equipes de trabalho em um mesmo projeto, compartilhando dados e informações, e auxiliando na tomada de decisões.

Isso já nos dá uma ideia sobre o que é BIM e o volume de softwares e aplicações disponíveis no mercado, passando pelas funcionalidades de arquitetura, análise e desempenho energético, gerenciamento da construção, modelagem geral, estrutura, projetos complementares, visualização de arquivos entre outras possibilidades.

Exemplos de projetos de arquitetura com tecnologia BIM


A melhor forma de compreender os benefícios do BIM é analisando um projeto desenvolvido dentro deste processo, então vamos a alguns exemplos.

REVITALIZAÇÃO DO EDIFÍCIO GUASPARI

Edifício Guaspari
Fonte: HUB Arquitetura

Localizado no centro histórico de Porto Alegre, o Edifício Guaspari tem uma área total de 4.077,60 m², e foi projetado pelo arquiteto espanhol Fernando Corona em 1936.

A HUB Arquitetura Integrada foi a responsável pela construção de um modelo digital do edifício existente e pela modelagem de uma nova proposta, que teve que ser totalmente compatibilizada através deste modelo 3D.

Edifício Guaspari
Fonte: HUB Arquitetura

Por se tratar de uma região central, o único espaço disponível para o canteiro de obras foi a área correspondente ao pavimento térreo. 

Todo o controle do projeto foi realizado através de um modelo BIM, fazendo com que o espaço do canteiro não fosse um limitante e permitiu que a execução do projeto fosse realizada dentro dos prazos estabelecidos.

Edifício Guaspari detalhes
Fonte: HUB Arquitetura

STATOIL - ESCRITÓRIO REGIONAL E INTERNACIONAL

A Staoil é uma empresa petrolífera norueguesa, cuja principal atividade é a extração de gás natural e petróleo. O projeto do seu escritório regional e internacional foi desenvolvido pela A-Lab.

Statoil - Escritório
Fonte: A-Lab

Graças a um planejamento meticuloso, modelagem BIM avançada e um diálogo frutífero voltado para a solução, a equipe de arquitetos, cliente e proprietário, empresas de construção e todos os subcontratados foram capazes de concluir o projeto complexo dentro do prazo. 

Edifício Statoil - Estudo de massa
Fonte: A-Lab

O resultado é um sofisticado edifício onde toda a informação foi transmitida de forma rápida e eficiente, em que todos os envolvidos manifestaram grande satisfação com o projeto.

Edifício Statoil - planta
Fonte: A-Lab

HAIER GLOBAL CREATIVE RESEARCH CENTRE

Projetado por DC Alliance + Snøhetta, o Centro Global de pesquisa criativa da Haier, conta com uma área de 35.500 metros quadrados, que inclui um centro de Co-working, uma biblioteca, um instituto de negócios e um auditório para 750 pessoas.

Haier Global Creative Centre
Autor: Kai Wang

Para realizar um projeto com rigoroso controle de design, o processo BIM foi fundamental para garantir a qualidade do trabalho e alinhamento entre todas as disciplinas do projeto.

Haier Global Creative Centre - externa
Autor: Kai Wang

Cuidado esse que garantiu que o projeto ganhasse o selo Leed-NC Ouro, que é uma certificação dada a edifícios sustentáveis.

Haier Global Creative Centre - externa
Autor: Kai Wang

CONCLUSÃO

O BIM já é uma realidade em muitos escritórios e empresas, sendo fundamental compreender como este processo impacta no dia a dia de qualquer profissional.


O emprego do BIM nos seus projetos permite um total controle do ciclo de vida da sua obra, com dados precisos, significativa redução de custos e uma total integração da equipe, facilitando a comunicação e validação de todas as informações geradas no decorrer do projeto.

Se você não sabia o que é BIM agora já sabe como este processo impacta no seu projeto. Além disso, é de suma importância usar famílias de qualidade e na Blocks você encontra uma imensa biblioteca BIM com atualizações semanais!


Faça parte da Família Blocks!

SOBRE O AUTOR

Luis André
Mestre em arquitetura, designer de produto e professor, compartilhando conteúdo profissional dos principais softwares de arquitetura a mais de 10 anos.
Voltar