PROJETO EXECUTIVO

November 15, 2021

O projeto executivo é um dos principais documentos de uma obra, sendo que qualquer erro no seu desenvolvimento implica em uma série de problemas que vão desde atrasos indo até mesmo a prejuízos imensos!

Cabe ao profissional responsável pelo projeto definir todas as informações e detalhes que devem ser incluídos no projeto executivo, portanto estamos falando de uma tarefa de altíssima responsabilidade!

Mas o que é um projeto executivo? Quais informações e desenhos fazem parte? Se você ainda tem dúvidas, fique tranquilo, pois esta publicação foi feita para você! Acompanhe!

O QUE É UM PROJETO EXECUTIVO DE ARQUITETURA?

projeto-executivo

O projeto executivo é o documento mais importante de uma obra, tendo impacto direto no sucesso ou fracasso de um empreendimento

Segundo a Lei 8.666/93, um projeto executivo é “o conjunto dos elementos necessários e suficientes à execução completa da obra, de acordo com as normas pertinentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.”

Temos que ter em mente que o projeto executivo não é um novo projeto, mas sim um detalhamento de todas as etapas identificadas no projeto básico.

Para que não fique nenhuma dúvida, vamos analisar as diferenças entre um projeto básico e um projeto executivo.

DIFERENÇA ENTRE PROJETO BÁSICO E EXECUTIVO

projeto-executivo

Todo projeto passa por uma série de etapas de desenvolvimento, onde diversos elementos, instalações e componentes são detalhados de forma a tornar possível a execução da obra.

Mesmo antes de se chegar a etapa do projeto final, com todas as informações técnicas minuciosamente detalhadas, é necessário estimar prazos, custos e outras informações relevantes para a execução da obra.

É neste momento que o projeto básico e executivo entram em campo, mas qual a diferença entre ambos?

PROJETO BÁSICO

projeto-executivo

A partir da etapa de projeto básico já é possível identificar quais serviços fazem parte da obra, permitindo estimar custos envolvidos e o provável prazo de execução.

Segundo a SEAP (Secretaria de Estado da Administração do Patrimônio) entendemos como projeto básico:

“Conjunto  de  informações  técnicas  necessárias  e suficientes para caracterizar os serviços e obras objeto da licitação,  elaborado com base no Estudo Preliminar, e que apresente o detalhamento  necessário  para  a perfeita definição e quantificação dos materiais, equipamentos e serviços relativos ao empreendimento.”

É muito importante deixar claro que o projeto básico não se resume a um único desenho, mas a todas as informações técnicas necessárias que permitam a execução da obra.

Todos os desenhos desenvolvidos e demais informações levantadas no projeto básico precisam ser devidamente detalhados, permitindo que sejam executados com precisão. É nesta etapa que passamos para o projeto executivo.

PROJETO EXECUTIVO

projeto-executivo

É importante que fique claro que um projeto executivo não é um novo projeto, mas sim uma nova etapa de desenvolvimento. Conforme a NBR 13.351/95, que define o Projeto executivo como: 

“Etapa destinada à concepção e à representação final das informações técnicas da edificação e de seus elementos, instalações e componentes, completas, definitivas, necessárias a sua licitação (contratação) e à execução dos serviços de obra correspondentes.”

O projeto executivo é desenvolvido com base no projeto básico que foi aprovado, porém contém todos os detalhes construtivos necessários para a execução da obra, além de outras informações relevantes.

Mas que desenhos e documentos fazem parte de um projeto executivo? É isso que vamos entender a seguir.

PROJETO EXECUTIVO, QUAIS DESENHOS FAZEM PARTE?

projeto-executivo

Cada obra possui diferentes características e necessidades de projeto, que impactam diretamente nos tipos de desenhos que precisam ser desenvolvidos.

Além do detalhamento de todos os desenhos desenvolvidos na etapa de projeto básico, outros documentos são incorporados ao projeto, que em muitos casos envolvem diferentes profissionais para desenvolvê-los.

Cada obra possui diferentes detalhes e características, que implicam em diferentes tipos de projetos para a sua execução, mas vamos conhecer os mais comuns.

PROJETO ARQUITETÔNICO

projeto-executivo

Na etapa de projeto executivo o projeto arquitetônico deve contemplar todos os desenhos necessários para a sua correta execução, que independente da complexidade da obra costumam ser:

  • Planta baixa: principal desenho do projeto arquitetônico, sendo necessário uma planta para cada pavimento da edificação;
  • Cortes: devem ser elaborados quantos forem necessários, onde temos minimamente um transversal e um longitudinal.
  • Elevações: todas as fachadas da edificação devem ser representadas, apresentando os elementos da parte externa da edificação;
  • Planta de cobertura: representação da vista superior da edificação, com seu telhado e sistema de captação de águas pluviais;
  • Implantação: vista superior da edificação, mostrando como acontece a ocupação da edificação em relação ao lote do terreno;
  • Planta de situação: representa a localização do terreno em relação ao seu entorno, apresentando o nome da rua e lotes do entorno;
  • Detalhes: representação ampliada de todos os detalhes do projeto que necessitem de um melhor entendimento para a sua execução.

Ainda temos no projeto arquitetônico diversos outros desenhos como plantas de Layout, reforma, paginação de piso, paginação de forro e quantos mais forem necessários para a perfeita execução do projeto proposto.

LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICO (TOPOGRAFIA)

projeto-executivo

Popularmente conhecido como levantamento topográfico, consiste no mapeamento de todas as características da superfície do terreno.

Com essas informações é possível determinar como o terreno será trabalhado, envolvendo trabalhos de corte, aterro, movimentação de terra, escavações e inclusive remoção de rochas ou mesmo árvores.

Desta forma, temos um desenho topográfico que representa as características naturais do terreno e também um desenho de terraplenagem, contendo todas as etapas de movimentação de terra, deixando assim o terreno pronto para o início da execução do projeto.

PROJETO ESTRUTURAL

projeto-executivo

O projeto estrutural é responsável por sustentar a edificação, sendo composto por vigas, pilares, lajes, fundações e demais elementos responsáveis por sustentar todas as cargas que a edificação apresenta.

Através de uma série de critérios e cálculos técnicos, todos seguindo as normas técnicas vigentes, é definida a estrutura mais adequada para o projeto.

O projeto estrutural deve apresentar de forma detalhada a quantidade de elementos, dimensões, espaçamento, tipos de fundação, ferragens e diversos outros detalhes essenciais para a correta execução da estrutura.

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

projeto-executivo

 O projeto de instalações elétricas é responsável por dimensionar e quantificar todos os pontos da instalação elétrica da edificação.

Dentro deste projeto estarão alocados todos os pontos de tomada, interruptores, saídas para iluminação, trajeto de conduítes, divisão dos circuitos e demais elementos, dimensionados conforme a necessidade da obra e das normas vigentes.

O projeto de instalações elétricas conta com normatização própria, devendo ser desenvolvido por um profissional qualificado que possa emitir um termo de responsabilidade técnica.

INSTALAÇÕES HIDROSANITÁRIAS

projeto-executivo

O projeto hidrossanitário é um conjunto de desenhos de todo o sistema hidráulico (água fria e quente), sanitário (esgoto) e de águas pluviais (chuva) da edificação.

Este pacote de desenhos mapeia toda a rede de encanamentos da edificação, determinando como será a entrada de água fria e quente, a captação de água das chuvas e o correto descarte do esgoto.

O projeto hidrossanitário também conta com normatização própria, que deve ser desenvolvido por profissional capacitado que possa emitir um termo de responsabilidade técnica.

PROJETOS COMPLEMENTARES

projeto-executivo

Diversos outros desenhos podem fazer parte de um projeto executivo, variando em função das necessidades ou complexidades da edificação, que chamamos de projetos complementares.

Desta forma vamos conhecer outros tipos de desenhos que se enquadram nesta categoria:

  • Planta de reforma;
  • Planta de forro;
  • Planta de paginação de piso;
  • Projeto de decoração;
  • Projeto de paisagismo;
  • Projeto de climatização;
  • Projeto de luminotécnica;
  • Projeto de canteiro de obra;
  • Sondagem;
  • Fundações;

DOCUMENTAÇÃO

projeto-executivo

Nem só de desenhos é composto um projeto executivo, diversos outros documentos podem ser adicionados ao projeto, visando sua perfeita execução.

Assim como os desenhos, a documentação costuma variar de um projeto para o outro, mas em geral um projeto executivo contempla:

  • Cálculos estruturais;
  • Planilhas de orçamento;
  • Memorial descritivo;
  • Cronograma;
  • Especificações técnicas;
  • Quantitativos;

Qualquer informação relevante para a execução do projeto deve ser documentada e compartilhada com todos os envolvidos na execução, afinal o objeto de um projeto executivo é proporcionar a total clareza do que deve ser construído.

CONCLUSÃO

O projeto executivo é o documento norteador para a execução de qualquer projeto, portanto todas as informações nele documentadas devem ser elaboradas com muita atenção.

É fundamental que todo profissional compreenda quais desenhos e documentos fazem parte de um projeto executivo, permitindo assim que toda a informação necessária seja compreendida para a perfeita execução da edificação.

Um outro recurso que pode ser o diferencial para o sucesso do seu projeto é usar famílias de qualidade,  então saia na frente usando a biblioteca de famílias da Blocks Revit, que dispõe de um imenso catálogo com atualizações semanais!

Faça parte da Família Blocks!

SOBRE O AUTOR

Luis André
Mestre em arquitetura, designer de produto e professor, compartilhando conteúdo profissional dos principais softwares de arquitetura a mais de 10 anos.
Voltar